13 julho, 2014


Morra por mim

Sinopse: Depois que seus pais morrem em um acidente de carro, Kate e sua irmã, Georgia, vão morar com os avós em Paris. Enquanto Georgia encontra na balada a cura para sua tristeza, Kate é mais introspectiva e se recusa a sair e se divertir, até resolver ir para um café com seus livros para tomar um pouco de sol. Ela conhece Vincent, um belo e misterioso garoto parisiense. Ao se relacionar com o menino e descobrir sua história, Kate tem que escolher entre deixar sua paixão de lado e seguir a vida em segurança, e assumir seus sentimentos e toda a complicação que seria namorar alguém imortal e com inimigos, e mudar para sempre sua vida.




O livro nos mostra a história de Kate, que se vê desolada pela recente morte de seus pais. Por conta dessa grande perda, Kate e sua irmã, Georgia, vão morar com seus avós em Paris. Kate não consegue superar essa terrível perda, e acaba se refugiando nos seus livros, saindo somente para ler em seu café parisiense preferido. Já Georgia, tenta superar a perda saindo frequentemente para dançar e fazendo vários amigos. Em uma de suas poucas saídas, Kate conhece Vincent, que logo a atrai e desperta sua curiosidade, conhecendo também os amigos de Vincent. A partir daí, ela começa a andar com Vincent e seus amigos. O relacionamento entre Vincent e Kate começa com uma amizade bem forte e vai se aprofundando cada vez mais, porém há vários mistérios na vida de Vincent; e Kate está disposta a desvendá-los.
A história é bem leve, e o foco é realmente no romance entre Vincent e Kate. A cada momento da leitura eu me lembrava muito da série The Beauty and The Beast, da CW, pois além dos nomes dos personagens principais serem os mesmos, o romance tanto na série e no livro é bem parecido. Um amor muito lindo, disposto a enfrentar vários obstáculos que surgem na vida.
A explicação sobre os revenants foi muito satisfatória, pois foi explicado pelos personagens muito bem, sem criar muitas dúvidas. E eu me encantei por essa história dos revenants e quanto mais era explicado, mais eu queria saber.
Um ponto interessante do livro é a ambientação, a autora explorou muito bem cada detalhe de Paris, fazendo com que nós leitores sentíssemos que estávamos lá também. Outro ponto é a diagramação do livro, além de vir com uma jacket lindíssima, o interior do livro é todo personalizado.
 

 
Para os românticos de plantão que adoram um toque de sobrenatural, Morra por mim é o tipo de livro ideal. Estou torcendo muito pelo casal do livro e espero que o próximo seja tão bom e envolvente quanto o primeiro.
Série:
Livro 1: Morra por mim
Livro 2: Até que eu morra
Livro 3: If I Should Die (ainda não lançado no Brasil).
 
Bjkas!!  
0

29 junho, 2014


Sites para organizar sua Watchlist de séries

Para quem é um seriador nato que acompanha uma grande quantidade de séries nada melhor que uma boa organização. Atualmente, existem inúmeros sites que ajudam nesta tarefa de organizar a watchlist. Reuni quatro sites para vocês conhecerem e utilizarem caso gostem.

Banco de séries:



Banco de séries é uma rede social onde você pode marcar seus seriados preferidos, dar as notas e comentar os episódios assistidos. Nele, você pode desbloquear badges e como qualquer rede social, você pode fazer novos amigos. Neste site o que se destaca é que sempre há vários desafios, como por exemplo assistir todos os pilotos que estrearam em determinado período, e quem conseguir atingir a meta ganhará um badge. Mais uma coisa legal é que possui versão para iPhone e Android.

SERIEPIX:



SERIEPIX é a rede social mais nova e ainda está passando por várias atualizações para melhorar o site. É o site que eu uso e meu preferido. Nele você pode marcar os episódios assistidos, dar nota, fazer comentários, marcar séries que pretende ver e as que já foram finalizadas. Também pode ganhar medalhas (mesmo esquema de badges) e nesse site é ainda mais fácil conseguir medalhas do que no banco de séries. Também há um sistema de pontos, conforme vai assistindo séries e ganhando medalhas vai aumentando os pontos, e consequentemente cada usuário vai aumentando de nível. O site é ótimo para fazer novos amigos e ainda há como ver a sua compatibilidade com outro usuário. Há também um gráfico de audiência das séries e um guia de status, onde se pode ver os cancelamentos e as renovações. Além de tudo, é o meu layout preferido.

Follow My TV:



FollowMyTv é em inglês, porém é bem fácil de utilizar. É o mesmo esquema das outras redes sociais. O destaque desse site é o calendário, pois é ótimo e reúne todos seus seriados podendo conferir as suas exibições durante cada semana do mês.

Filmow:


Filmow é outro site que utilizo, porém uso somente para marcar e avaliar filmes; mas nele também pode avaliar séries de tv. Você pode avaliar o filme marcando quantas vezes já assistiu, dar nota, comentar, indicar para amigos e marcar os filmes que pretende assistir e seus filmes preferidos. Uma coisa bem legal é que em cada filme é gerado uma nota média geral, então você tem uma ideia se as pessoas gostaram ou não do filme, além de ver os comentários, o que pode ajudar a decidir se irá assistir ou se desiste de assistir tal filme. Pode-se ver também os filmes que estão no cinema no momento, os filmes que irão estrear em breve e os disponíveis em DVD, portanto é uma ótima maneira de procurar novos filmes para assistir.

E então..Já conheciam e usam algum?? Conhecem outros??
Bjkas!!
2

14 junho, 2014


O Monstrologista

Olá, 

Hoje o post é sobre o livro O Monstrologista, do autor Rick Yancey.

Sinopse: Will Henry é assistente de um médico com uma especialidade incomum: a monstrologia, isto é, o estudo dos monstros. Ao receber em casa o cadáver de uma menina atrelado a um desses seres que se acreditava extinto, Will e o médico sairão à caça de outros antropófagos antes que seja tarde demais. O Monstrologista é o primeiro de uma eletrizante trilogia para aqueles com estômago forte!
 

O livro conta as histórias dos diários de Will Henry, assistente do monstrologista. Depois de morto, seus diários são encontrados e assim começa a história.
Will Henry, perdeu seus pais quando menino e logo foi acolhido pelo Dr. Pellinore Warthrop, um especialista na ciência mais estranha do mundo: a monstrologia, o estudo dos monstros reais. A partir de então, a vida de Will Henry mudou completamente, se tornando assistente do doutor, tendo que cuidar da casa, fazer comida e conviver e obedecer seu mestre. O monstrologista, como todo cientista, é frio e extremamente focado no seu trabalho, e confesso que na maior parte do livro peguei uma tremenda antipatia por ele. Ele trata muito mal seu assistente, não mantém nenhuma relação, não é compreensivo e muitas vezes só perturba, mas com o tempo (levou muito tempo mesmooo, praticamente no fim do livro), consegui compreender melhor o personagem e percebi que ele não é mau, somente não sabe expressar seus sentimentos.
Depois que um ladrão de túmulos, Erasmus Gray, acha um ser horripilante dentro da cova de uma mulher, ele leva tal achado diretamente para o Dr. Pellinore, e a partir daí começa uma busca incessante por respostas e à uma caçada por monstros.
O livro é muito bem trabalhado e possui muitas cenas detalhistas e fortes. O leitor tem que ter realmente estômago forte! Possui muito mistério, ação e um leve toque de terror  A diagramação do livro é muito bem feita e há vários desenhos dos matérias usados pelo doutor. Recomendo muito, não tem como não amar a história. 

Série:
Livro 1: O monstrologista
Livro 2: A maldição do Wendigo
Livro 3: A ilha de sangue
Livro 4: The Final Descent (Ainda não lançado no Brasil).

Bjkas!!
2

03 maio, 2014


Penny Dreadful

Olá,

Hoje o post é sobre as minhas primeiras impressões sobre a série Penny Dreadful.

Sinopse: Penny Dreadful é uma série de terror com toques sobrenaturais que se passa na cidade de Londres na época vitoriana. A história conta com personagens clássicos da literatura como Frankenstein, Conde Drácula e Dorian Gray, e seus contos de horror, origem e formação se misturam à narrativa dos protagonistas. A série é estrelada pelos atores Josh Hartnett e Eva Green, e conta com Sam Mendes como produtor executivo da atração.



Antes de começar a assistir Penny Dreadful, hesitei. Confesso, que estava morrendo de medo do que estava por vir. Sou bem medrosa, e quando vi os trailers anunciando a série fiquei extremamente ansiosa e assustada. Porém, assim que fui vencida pela curiosidade, não me arrependi e sim fiquei feliz por assistir a uma série tão genial.
 


Ethan Chandler (Josh Hartnett) é um americano que trabalha em um circo recém chegado a Londres. Possui talentos extraordinários com o uso de revólveres e devido a isso, Vanessa Ives (Eva Green) o contrata para um trabalho, sem revelar o que seja.
Durante esse trabalho, conhecemos o Sir Malcolm Murray (Timothy Dalton), um homem influente que está atrás da filha. Ela desapareceu a algum tempo, e foi levada por criaturas que habitam o submundo de Londres. Ele conta com a ajuda de Vanessa, e não conseguimos identificar ainda a ligação entre os dois.
O que me deixou mais intrigada é a personagem Vanessa Ives. Não sabemos qual sua ligação e o que ela ganha com essa busca pela filha desaparecida do Sir Malcolm. Sem contar que percebemos que ela possuiu algum dom sobrenatural, mas nesse episódio tudo sobre ela é misterioso.
Para completar essa equipe de busca, temos o Victor Frankenstein. Antes de entrar para essa busca, ele trabalhava na experiência de dar vida a um corpo que já estava morto. E, num dia, a criatura acordou. E foi a cena mais emocionante do episódio para mim. Tanto a criatura quanto o criador se mostraram emocionados e foi uma cena muito linda e sensível.
A série tem tudo para ser perfeita. Nos vemos em uma Londres do século 19 dominada por forças ocultas onde se apresenta muitos mistérios, e eu não vejo a hora de começar a desvendá-los.
A estréia oficial da série nos EUA, será dia 11 de maio pelo canal Showtime. Porém, o canal liberou o episódio mais cedo no youtube. No Brasil, será exibida pela HBO, sem data definida ainda.
Assistam ao trailer:
 

 Bjkas!!
2