26 abril, 2012


Divulgando: Almakia e A última Dama do Fogo

Olá,

Hoje irei divulgar dois lançamentos de abril da Modo Editora.
O primeiro deles é o livro Almakia, de Lhaisa Andria.

Sinopse: Em um mundo onde existem pessoas com capacidades extraordinárias, vivendo em uma sociedade abastada e preconceituosa. Desde pequena Garo-lin foi uma garota deslocada: uma vilashi frequentando o exclusivo Instituto de Almaki Dul’Maojin. Mesmo sendo tratada como uma simples e inevitável pedra no caminho dos orgulhosos almakins, engole todo o seu senso de justiça e tem por único objetivo terminar sua educação e voltar à sua vila. Porém, devido a um incidente ela se vê presa pelas circunstâncias, e dali em diante, todo o seu destino está nas mãos dos temidos Dragões de Almakia.


Sobre Almakia
Garo-lin se revela uma improvável manejadora de almaki e acaba indo para o grandioso Instituto de Almaki Dul’Maojin. Sendo uma vilashi, ela não é exatamente bem vinda entre os alunos, e o choque cultural é agravado pelo preconceito que impera. Ainda, é preciso conviver com uma realidade que a deixa desnorteada: os Dragões de Almakia, herdeiros das poderosas Famílias, que têm liberdade para exercerem a influência de seus títulos, beirando uma ditadura. Dentro desse cenário, tudo o que Garo-lin deseja é voltar para a sua vila, e seguindo essa convicção ela sobrevive um dia de cada vez entre os almakins. Até que um fato fez seu temperamento justo prevalecer: para salvar alguém, ela se torna uma vítima permanente dos Dragões. Contudo, a convivência forçada com os herdeiros e as desventuras que vivem, revelam que eles não são somente o título que carregam. Os Dragões são aqueles que têm o poder de decidir o rumo de Almakia, e Garo-lin se torna aquela que pode ditar o rumo dos Dragões. Através de uma leitura que prende a atenção e cativa, o livro representa através de seus personagens situações que vão desde diferenças sociais e preconceito, amizade, confiança e força de vontade para mudar o mundo em que se vive. Mostrar, através do crescimento da personagem principal, que ser verdadeiros com nós mesmos é muito mais importante do que viver de aparências, aceitando mesmo o que não achamos certo. Apesar de ser uma literatura de entretenimento que usa como cenário um mundo fantástico, o livro traz reflexões sobre a nossa própria forma de viver no mundo real. Entretanto, ao invés de tratar de assuntos como preconceito e diferenças sociais de forma direta, usa o crescimento dos mais variados personagens, que buscam mudar a sua realidade enfrentando formas de viver estabelecidas que não são justas para poucos. O principal ponto forte do livro em comparação com outras literaturas fantásticas é o seu mundo inédito, que não se utiliza seres já pré-fabricados e constantes em tantos outros livros.

O segundo livro é A última dama do fogo, de Marcelo Paschoalin.

Sinopse: O caminho iniciático é trilhado por todos nós Náufraga. E sem memória. Tudo o que Deora queria era saber quem era, mas sua jornada lhe reservava mais do que isso…porque também era uma jornada interior. Iniciada nos mistérios da Ordem Vermelha, a inocente jovem descobre o verdadeiro valor da amizade, o desafio de conhecer os saberes ocultos, o perigo que ronda os que buscam a essência do fogo. Uma essência que ela terá de dominar. Mas estará ela preparada para isso? Conseguirá redescobrir a magia perdida? Ou a busca por si mesma fará com que seja reduzida a cinzas? Há mais mistérios a serem desvelados do que tempo para conhecê-los todos. Quando a sombra busca os segredos a ela confiados, sua chama pode não ser o bastante…


Sobre A última Dama do fogo:
O livro mescla o simbolismo da busca da magia perdida com a jornada de cada leitor, trazendo-o para uma reflexão acerca de seu destino enquanto narra uma história de aventura e fantasia num mundo pseudomedieval onde o místico e o real se unem formando uma tapeçaria única, tudo utilizando uma linguagem mais trabalhada que ajuda a transpor o leitor para uma época mais antiga. A última Dama do Fogo é um marco na literatura fantástica nacional, pois consegue agregar o simbolismo e o imaginário numa saga que emociona e nos faz pensar sobre nosso próprio caminho iniciático, trilhado diariamente mesmo quando não nos damos conta disso. Além disso, é uma das poucas obras de fantasia que traz uma mulher como protagonista. O foco do livro é o caminho de Deora, uma náufraga que é iniciada nos segredos de uma Ordem mística, enquanto tenta redescobrir quem verdadeiramente é. É uma história de autodescoberta e aventura. A última Dama do Fogo tem uma história interrelacionada com o livro Regência de Ossos, embora a leitura de um não dependa da leitura do outro, servindo como argumento de venda para um ou dois livros de acordo com a realidade do leitor. Soma-se a isso o fato de ter uma mulher como protagonista ajuda a criar uma identificação das leitoras com a heroína, pois em geral esse papel é relegado a personagens masculinos.

Essas duas obras, assim como outras da Modo editora, serão lançadas na Odisséia de Literatura Fantástica nos dias 27 e 28 de abril no Memorial do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. A entrada será franca, então quem mora em Porto Alegre ou nos arredores é uma ótima oportunidade. Quem quiser saber mais sobre a programação da Odisséia Fantástica é só entrar no blog da editora, clicando aqui.
Bjkas,
Renata
4

4 comentários:

  1. Hey querida, que doce sua visita..
    obrigada viu..
    bjão no core ♥

    @_ErikaWaldorf
    erikarayanaheart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esses livros parecer ser realmente bons. Fiquei muito interessada em "A Ultima Dama de Fogo".
    beijos :)
    http://the-mandie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. São ótimos livros mesmo, A ultima dama de fogo foi o que mais me interessou <3

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  4. As histórias parecem ser bem interessantes pela sinopse. Acho que leria "A última dama do fogo".

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir